LGPD: Lei Geral de Proteção de Dados entra em vigor em 2020. Sua empresa já está adequada?

Inspirada na regulamentação europeia, a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) chega ao Brasil propondo mais transparência e cautela no tratamento de dados pessoais pelas empresas. Em fevereiro de 2020, ela entrará realmente em vigor com o objetivo de garantir às pessoas maior privacidade de dados pessoais e permitirá um maior controle sobre eles.

A nova legislação vai trazer novas regras, mais transparência e segurança jurídica para as entidades dos setores público e privado e a lei será aplicada a todos os setores da economia e a todos os tamanhos de empresa. Com isso, as companhias devem mudar os pontos referentes à privacidade e proteção de informações pessoais, o que vai gerar um impacto significativo nos negócios.

maximiza-lgpd

MAS SERÁ QUE AS EMPRESAS BRASILEIRAS ESTÃO NO PRAZO?

O país tem como data limite o dia 16 de agosto de 2020 para o fim da implementação da LGPD.

  • 85% das empresas declararam não estar prontas para atender a todas as demandas
  • 72% das maiores empresas estão contratando especialistas para esse processo

73% das empresas esperam que a LGPD impacte a estrutura da área de TI

LGPD ENTRE OS BRASILEIROS

  • 50% da população conhece pouco a LGPD
  • 25% desconhece totalmente a nova regulamentação
  • 13% declarou que já teve algum problema com vazamento de dados

 

COMO SEI SE PRECISO ME PREOCUPAR?

Pensando em sua empresa, observe o check list de perguntas abaixo:

1. Ela coleta dados de clientes para envio de ações promocionais ou de negócios?

2. Ela coleta dados através de site e aplicativos para vender produtos ou serviços?

3. Ela analisa comportamento dos clientes para sugerir conteúdo específico?

4. Ela mantém dados de colaboradores e utiliza para pagamentos de salários?

5. Ela terceiriza a coleta, armazenamento e/ou tratamento de dados pessoais?

Se você respondeu SIM a pelo menos um item acima, sua empresa já está dentro da nova regulamentação e precisa se preparar para as exigências de forma eficiente e sustentável.

Confira algumas das principais mudanças da nova legislação:

  • Dados pessoais (nome, idade, gênero, endereço, e-mail etc) só poderão ser coletados caso tenham o consentimento claro do seu titular
  • A empresa deve deixar clara ao usuário a finalidade da coleta de seus dados, ser transparente em relação ao tratamento dessas informações e garantir a segurança delas
  • O usuário deve ter fácil acesso a essas informações sempre que desejar e, caso queira, pode revogar seu consentimento de compartilhamento de dados
  • Informações sensíveis, como posicionamento político, religioso ou orientação sexual, serão tratadas com mais rigor
  • A lei se aplica também aos subcontratantes da empresa, como fornecedores, agências e parceiros de tecnologia

O não cumprimento dessas obrigações pode gerar multas de até 2% do faturamento anual, com limite de R$50 milhões por infração.

A MAXIMIZA PODE TE AJUDAR!

A adequação a LGPD não se restringe somente a um projeto de TI: ela envolve também a área de Vendas, o RH, o Jurídico, Atendimento, Marketing. O cliente agora passa a ter direito de saber quais dados a empresa está guardando, utilizando e para qual motivo. E ainda, tem o direito de acessar suas informações e solicitar a retirada de algum dado ou sua exclusão completa. E a empresa deve garantir tudo isso de forma simples e digital.

A Maximiza é parceira da Microsoft – que possui princípios fundamentais: transparência e responsabilidade e é uma das empresas que mais investem em segurança em todo o mundo (dos US$ 13 bilhões investidos em pesquisa e desenvolvimento, US$ 1 bilhão é destinado especificamente para essa área).

No caso da LGPD, o ideal é construir serviços e soluções já fundamentados na segurança. Inclusive já existem aplicações que estão em conformidade com a nova lei, como o Microsoft 365, que unifica a segurança da companhia e a produtividade do usuário. A ferramenta permite que todos os processos de determinado documento sejam acessados e monitorados de qualquer lugar e dispositivo.

bbt0lnf

Todas essas iniciativas visam garantir que o seu negócio esteja pronto para o trabalho moderno, ao mesmo tempo em que está em conformidade com à nova lei, protegendo clientes, parceiros e colaboradores. Conheça agora o Microsoft 365 e saiba mais como podemos te ajudar com essas mudanças. 

Para entender mais sobre a lei toda, veja a página oficial da Serpro/LGPD.

Para mais dicas e novidades, curiosidades sobre TI, siga a Maximiza no TwitterFacebookLinkedIn e Instagram!

Fonte: iinterativa, Próxxima, Msn.com.


Maximiza